sábado, 7 de março de 2015

Sir Charithoughts: Pokémon XY058

XY058/ Episódio 862 – Luta no Ginásio de Coumarine! Frogadier VS Gogoat!! 

Quando Ash e cia chegaram à Cidade de Coumarine no episódio passado, nem parecia que havia uma batalha de Ginásio chegando. Parte disso se deve ao fato de que, diferente com o que ocorrera com Grant e Korrina, não houve nenhuma grande antecipação para essa batalha, com treinamentos e estratégias sendo bolados especificamente para este desafio. O próprio Ash nem parecia tão empolgado no episódio passado - nos anteriores, havia aquela correria e pressa pra batalhar logo. Coumarine acabou se tornando um local mais promissor pela vindoura Exibição Pokémon de Serena do que pela batalha de Ginásio em si. Além disso, Takegami fez um trabalho muito pobre na caracterização de Ramos em seu episódio de estreia, tornando-o só mais um personagem do dia.
Portanto, é simplesmente louvável que Shoji Yonemura (O Dragão Mais Fraco de Todos!? Goomy Aparece!!) tenha conseguido reparar o dano feito anteriormente e tornar Ramos não apenas alguém carismático, mas aquele que eu considero o melhor Líder de Ginásio ao qual já fomos apresentados neste anime! Digo isto porque ser Líder de Ginásio implica saber perder. Diferente de ser um membro da Elite dos Quatro ou o Campeão, que devem proteger suas posições, os Líderes devem preparar os Treinadores para a Liga Pokémon, propondo os mais diversos desafios para capacitá-los para o evento - e se seu trabalho for bem feito, você vai perder. Porém, em anos de Pokémon, acho que é a primeira vez que algum Líder realmente faz esse trabalho de preparação do desafiante.


Antes da batalha em seu Ginásio - uma bela construção numa árvore imensa que os Treinadores devem escalar (como nos jogos, mas sem as plataformas e os cipós para o desafiante se balançar) -, Ramos pede que Ash se sente, tome um chá e lhe ajude com jardinagem. A lição aqui é aprender a não focar sua visão apenas àquilo que está à sua frente para não deixar de perceber detalhes importantes. E essa é também a chave da vitória para derrotar a estratégia principal de Ramos com seu Gogoat. Ou seja, antes da batalha, o experiente Treinador forneceu ao seu jovem desafiante o segredo para a vitória, de uma forma nada enigmática. Ele quer que Ash vença, ele quer que o rapaz supere suas estratégias.
E não faltam estratégias a Ramos! Se no episódio anterior, ele já havia demonstrado sua preferência por "desvios", aqui vemos como isso rege sua postura no campo de batalha completamente. Dia Ensolarado ativando a Clorofila em dois Pokémon, Defesa de Algodão, Pó Venenoso, Chifre Sanguessuga, Semente Sanguessuga, Folha Navalha e Nó de Grama são apenas alguns dos golpes que são empregados pelo Líder de forma excepcional em sua batalha e nos dão uma batalha excelente. Já fazia tempo que não víamos uma batalha tão estratégica e Ash tem que responder à altura. O problema é que, quando se fala de anime, não basta só estratégia, também é preciso coerência. E é aqui que o calcanhar de Aquiles de Yonemura é atingido em, pelo menos, dois momentos.

A batalha que abre o episódio, Fletchinder VS Jumpluff, é bastante coerente, como tem que ser. As formas como Ramos diminui a fraqueza de seu Pokémon aumentando sua defesa e velocidade são bons exemplos de como sua mente trabalha bem. Ash responde à altura investindo na Carga de Chamas de seu Pokémon para tentar alcançar a agilidade de seu oponente. Ramos fica tão encurralado  que seu Pokémon mal tem chance a uma ofensiva e cai.
Fletchinder foi o único a ter lutado nos quatro Ginásios até aqui - mesmo quando sua participação era completamente dispensável (estou olhando pra você, Ginásio de Cyllage). O problema é que em nenhum deles sua participação foi muito memorável e, ao longo da jornada, ele tem sido o Pokémon mais negligenciado do Treinador de Pallet (mesmo quando ele deve ser a estrela do episódio, os roteiristas escolhem um segundo Pokémon com o qual ele deve dividir o foco). Uma velha maldição da aves regionais que nem mesmo seu tipo Fogo consegue quebrar. Sua grande vantagem aqui, porém, dava traços de algo promissor, mas o título do episódio já destacava o foco no recém-evoluído Frogadier no combate final.
Não deixa de parecer precoce, forçado e até problemático, porém, quando o Pokémon Brasa cai para apenas um ataque do Weepinbell superforte de Ramos. Primeiro porque, mais uma vez, o Líder utiliza a habilidade Clorofila para aumentar a velocidade de seu Pokémon Planta, porém, ao menos pelas regras dos jogos da franquia, Fletchinder deveria manter a rapidez aumentada obtida com a Carga de Chamas da batalha anterior. Ainda que este não fosse o caso, Ash ainda investe no mesmo ataque para obter o mesmo resultado e, misteriosamente, falha em acertar o alvo - embora eu reconheça que a forma como Weepinbell utiliza sua evasiva difere consideravelmente daquela empregada por Jumpluff, por não envolver correr do oponente, mas aguardar o golpe e se esquivar na hora certa.
Pode-se até argumentar que Fletchinder também estava envenenado, logo isso também consumia seus pontos de vida, porém isso é pouco demais. Fletchinder não havia levado um dano sequer na batalha contra Jumpluff, o veneno dificilmente causaria tanto estrago em tão pouco tempo, o ataque Folha Navalha é fraquíssimo contra um Pokémon que além de tipo Fogo também é Voador, restando somente ao Pancada ser o golpe suficientemente fatal para levá-lo à derrota - talvez fora um dano crítico, mas nada é dito a respeito no episódio. Fazer Fletchinder perder aqui também parece mais uma forma de punir Ash por sua confiança começa a inflar demais depois da primeira vitória com louvor (um antigo pecado do Treinador), e trazê-lo à realidade. Além de criar um clima maior de tensão sobre a vitória do Palletiano. Embora ela tenha um propósito narrativo, não deixa de parecer mal escrita.
Felizmente, o confronto entre Hawlucha e Weepinbell é bem mais equilibrado - talvez porque também seja um vício do Papa-Mosca mais uma vez prova sua força incrível numa luta muitíssimo bem escrita. Apesar de ser um Pokémon Lutador e Voador, o luchador não possui nenhum ataque Voador e mesmo sua Pressão Aérea falha em causar dano superefetivo em seu oponente com sua tipagem dupla, por Weepinbell, além de Planta, também é Venenos - ainda que o anime tente passar essa impressão com uma fala de Clemont que alega que Hawlucha possua ataques que seriam superefetivos, isso não provou ser verdadeiro. Além disso, o fato de ser alvo do dano autoinfligido pela falha da Super Voadora, cair para o Nó de Grama, ficar envenenado e ainda levar dano da Pancada de Weepinbell fazem desta não apenas a luta mais dura para o orgulhoso Pokémon, mas também uma vitória completamente digna e bem justificada para o Pokémon Papa-Moscas.
Aliás, uma das coisas mais bacanas sobre as batalhas de Kalos em geral é como o baixo número de novos Pokémon serve para expor algumas daquelas criaturas que já estão há anos por aí, mas nunca conseguiram uma atenção digna, como Surskit ou o próprio Weepinbell, cujo histórico de participações envolve basicamente ser objeto do afeto de James. É claro que não contamos quando eles decidem usar Onix pela miliobilésima vez (estou olhando pra você, Ginásio Cyllage).
O problema do desequilíbrio continua quando Frogadier entra em casa e consegue derrotar Weepinbell e, depois de muita treta, Gogoat. Sinceramente teria sido muito melhor se Yonemura tivesse feito Ash trocar Fletchinder por Hawlucha, fazer o luchador perder do jeitinho que aconteceu e então lançar Fletchinder outra vez para vencer Weepinbell e perder para Gogoat. O lance é que Ash superando as adversidades lutando com um Pokémon em desvantagem contra alguém notavelmente superior é um antigo vício do qual eu estou feliz de não ver sendo repetido mais com tanta frequência como no passado, especialmente porque enquanto ela prova a superioridade de Ash, tem o exato oposto efeito nos Líderes de Ginásio (estou olhando pra você, Liga Hoenn). Ao menos para mim, é muito melhor quando apesar das desvantagens, os Líderes conseguem se provar um desafio real para seus adversários - como em Weepinbell VS Hawlucha.
O que me incomoda demais sobre a luta final é como Ramos continua sendo uma mente brilhante e fascinante que usa de diversas estratégias diferentes para rebater os golpes de Frogadier e ainda assim o sapão de Ash vence apenas fazendo o feijão com arroz de todo dia. É engraçado porque Gogoat usa de tantas artimanhas - inclusive uma técnica com as Folhas Navalhas que lembra muito a técnica ninja de ocultação das folhas usada por Sanpei e seu mestre - que até mesmo parece que quem tem a desvantagem na luta é ele! E a dificuldade do Palletiano em vencer parece mais resultado da desvantagem do tipo do que da genialidade de Ramos.
Ainda que, do ponto de vista do roteiro o episódio decepcione, quando o episódio acaba e o To be continued aparece, é impossível ter qualquer sentimento negativo. A animação é soberba do começo ao fim - aquele lindo nascer do sol! A iluminação está linda, os cenários belíssimos, há movimentos de câmera extremamente bem feitos (a apresentação da arena) e que enchem cada cena com empolgação. Há também uma criatividade incrível na forma como os golpes são animados. Vemos Nó de Grama, Folha Navalha e Semente Sanguessuga sendo usados de forma incrivelmente diferente e foda! A própria animação de Weepinbell é algo fantástica por si só. Seus saltos frequentes, que ganham impulso com seu Pó Venenoso, e o movimento nos cipós para aplicar a Pancada rendem uma combinação de cenas sensacionais! A única coisa que parece incrivelmente parece deslocada é o Golpe Aéreo de Frogadier. A animação é bizarra demais e parece muito só um Cortar fortalecido.
No encalço da boa animação, há também uma trilha sonora muito bem escolhida por Shinji Miyazaki, repleta com BGMs que trazem emoção e empolgação para cada cena! Battle! (Team Flare) é tão emocionante que tem rapidamente escalado para um dos meus temas de batalha favoritos. O único momento que realmente broxa é quando começa a tocar V (Volt) - ou seria Mega Volt? Eu realmente não sei mais a diferença e não ligo. Ao lado das cenas de personagens se jogando na frente de ataques de Pokémon e à animação do lema da Equipe Rocket, a antiga canção de abertura se torna o novo vício de Pokémon XY que pode realmente irritar e estragar momentos se você enjoar fácil desses repetecos, como eu. Entre pontos positivos e negativos, sobressaem-se os pontos positivos de "Luta no Ginásio de Coumarine! Frogadier VS Gogoat!!" e fazem deste quarto Ginásio não apenas mais uma Insígnia para Ash, mas também mais uma batalha de qualidade os Pokénerds.

Considerações finais:
  • O começo do episódio me enganou direitinho! Eu parei o episódio e chequei pra ver se não estava começando a ver a estreia da Serena por acidente! Mas é bom ver que ela está com o nervosismo da primeira vez;
  • Eu gosto muito de como Ash está tão ansioso pela batalha que ele acorda de madrugada e vai correr com Pikachu;
  • No começo do episódio, ao ver o sol se levantar, Ash diz que "o tempo vai ser ótimo". Ramos garantiu que fosse mesmo um Dia Ensolarado;
  • Eu gosto de como Weepinbell consegue detectar os movimentos dos pés do Frogadier no chão. Ainda que nunca dito explicitamente, isso parece refletir um detalhe utilizado há muuuuuitos anos no anime sobre como os Pokémon de Planta tem uma conexão forte com o solo;
  • Por favor, um encontro de Ramos com Mabel PLIS Ia ser lindo os idosos floristas cheios de sabedoria juntos ♥
  • É tão legal ver como Gogoat vai regularmente até Ramos para ter seus chifres tocados não só pra sentir os sentimentos de seu Treinador, como também para transmitir seus próprios sentimentos;
  • Ash pede que Goomy assista à batalha. Adoro a carinha dele assustada diante das dificuldades que Hawlucha enfrenta diante de Weepinbell;

24 comentários:

  1. "Doragon, gosuto, jimen, hikou, doku, mushi, mizu, denki, iwa, kusa, aku, koori, norumaru... Honoo, kakutou, hagane, esupaa, fearii!!!!!!!!!!!!!!!!!!"

    E é ao som de V Volt que Ash vence novamente outra batalha de ginásio com essa música xD ! Que pena que você começou a odiar Sir, eu concordo em partes com o seu motivo já apresentado nos Charisthoughts anteriores, mas não nego que amo quando ela começa a tocar, pode parecer cansativo, mas quer saber... Eu curti a forma como eles estão utilizando essa música para resumir momentos importantes da série :D ! Vou usar um exemplo que talvez não seja o melhor de todos!

    Lembro me que quando diziam Digimon, as primeiras coisas que vinham na minha cabeça era aquelas músicas marcantes usadas em todas as cenas importantes da franquia, como "Brave Heart", "Break Up", "Beat Hit", "Butterfly" & "Akai Target"! Sei que aqui diferente de Pokémon nos fornece uma variedade e não apenas uma música igual XY, mas não nego que foram estas canções que marcaram tanto uma parte da minha vida na infância! Ouvindo sempre "V Volt" ao som de momentos importantes me passa uma sensação muito boa, e sei que durante o período que eu parar de escuta-la e após meses ou até anos voltar a ouvi-la sei que vou me lembrar de momentos magníficos da sexta geração S2 ! Só relembrando que também acho cansativo eles usarem a mesma música xD !

    Agora sem enrolação, sobre o episódio:
    Ramos poderia ser o melhor vovô líder de Ginásio de todos se tivesse tido um episódio fantástico que tivesse o apresentado, e não aquele do VaniLIXO! Mas fazer o que né, ainda sim gostei muito dele aqui, os golpes utilizados aqui foram bem interessantes, e só retocando que efeitos como: Queimar, Envenenar & Paralisar não é como os jogos, tipo, sério, parece muito mais destruidor, você vê o sofrimento do Pokémon, parece uma dor insuportável D: ! Sobre o lance de substituir Fletchinder & utilizar o Hawlucha... EU SUPER APOIO, na verdade, o carro chefe do Ramos é Gogoat, e eu juro que pensei que ele quem ferraria os dois restantes Pokémon do Ash ou até mesmo TRÊS(Sim, eu pensei que a luta seria no estilo da Korrina), mas mesmo assim eu curti o episódio! Mas sério gente, eu sempre subestimei o Weepinbell ou outros no estilo dele, eu sempre os achei horrivelmente fracos! Mas depois desse epi, eu vi que Tio Giratina fez um Hacks aí no Pokémon Grama, nunca pensei em todos esses anos assistindo Pokémon que um Weepinbell poderia fazer tal estrago O.O' ! Sobre jumpluff, eu nunca fui muito fã dele por ser o estágio final do meu amado Hoppip S2 ! Mas tirando isso acho ele legal, a luta dele foi até da hora, só me decepcionou pelo fato de Ramos não ter atacado com ele S/2 ! Sobre Gogoat estou sem palavras, sempre o achei um Pokémon foderoso desde sua aparição :3 ! Principalmente a forma como ele usou o Razor Leaf naquela hora, parecia o Turtwig da Gardenia usando Leaf Storm S2 ! Enfim, achei também o efeito de Aerial Ace muito estranho, parece um cortas mais forte! Se bem que SUPER COMBINOU para o
    Frogadier massacrar os Pokémon do Ramos xD !!! Sobre o episódio como um todo, eu achei ele um dos melhores episódios de batalhas de ginásios de todos!!! E COMO AQUELA CENA DO ASH SE LEMBRANDO DO QUE RAMOS HAVIA DITO ME ARREPIOU TODINHO, MUITO FODA AQUILO, POR ARCEUS!!! Mas se tem uma coisa que odiei foi eles terem esquecido completamente de acrescentar a insígnia da Planta no estojo de insígnias do Palentiano D: ! Rotina essa que eu estava amando, pois para mim nada mais marca em um anime do que ter alguma cena que é bem feita sendo sempre reciclada em episódios!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu concordo que boas músicas ajudam a tornar momentos especiais, mas no caso de Pokémon instrumentais sempre me causaram mais impacto que as vocais. Por exemplo, a clássica música da despedida da série clássica, a versão instrumental acústica do tema da Dawn em DP, ou até mesmo a instrumental de Advance Adventure.
      Em XY, os temas de batalha da Equipe Flare e a música do AZ tem especialmente ganhado cada vez mais espaço no meu coração. A própria Brave Heart tem um começo instrumental que causa um impacto duca antes de a voz do cantor entrar.
      E tbm tem a problemática que vc mesmo apontou: Digimon oferecia uma diversidade em músicas. Pokémon XY só tem Volt. O anime tem um legado de músicas fodas, diferentes temas e tal e tudo o que temos em XY é Volt. Parece preguiçoso, ainda mais quando toca episódio sim, episódio não.
      E, verdade seja dita, eu não sou grande fã de Volt. Acho que a música tem um ritmo ótimo, mas o cantor nunca me desceu bem. Too much autotune parece.

      E, sim, isso é mesmo vdd: os efeitos de status parecem causar bem mais sofrimento mesmo ao Pokémon afetado.
      E também senti falta de a Insígnia sendo botada no estojo

      Excluir
  2. Sir, achei esta matéria perfeitamente escrita, não me lembro de você ter descrevido tão detalhadamente uma luta de ginásio em seus Charisthought como esta! E sobre todo o endeusado gráfico abundantemente animado aqui, foi feito nada mais e nada menos que meu amado Masaaki Iwane! Sério Sir, esse cara é o melhor animador da equipe de produção de Pokémon, sem ele Pokémon não seria Pokémon(Sim, exagerei, mas dane-se :P )! Não me esqueço até hoje que lá em Julho de 2013 quando comecei a re assistir a série, o primeiro episódio realmente que me chamou a atenção pela forma que foi animado foi o 59! A batalha da Ilha de Cinnabar entre Charizard & Magmar! Dali em diante, eu só fui reparando o quanto vários episódios estavam realmente caprichados pela limitação de produção que Pokémon tinha! Até que esse ano mesmo eu cansei e fui pesquisar nas internets da vida quem tava fazendo aquilo, e a resposta veio ao cara que incrivelmente animou a maioria dos episódios que eu realmente pagava um pau pela animação:

    http://bulbapedia.bulbagarden.net/wiki/Category:Episodes_animated_by_Masaaki_Iwane

    Que todos louvemos a Masaaki Iwase, DEUS DA POARR TODA!!!

    E CARA, CARA, CARA!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
    Fiz uma gincana com meu priminho e vimos os 10 últimos episódios de Diamond and Pearl virando das 21:00 dessa Sexta até 01:30 de Sábado, choramos litros T.T !
    Sério, que obra prima os roteiristas fizeram aqui! Por Arceus!!!
    QUEM ASSISTIU ISSO AQUI NA ÉPOCA, NÃO TEM COMO NÃO IMAGINAR QUE O PALENTIANO IRIA VENCER A LIGA, ATÉ A PRÓPRIA CAMPEÃ RECONHECEU ISSO, CARA, DEVERIAM TER FEITO O ASH VENCER :/ !!!
    Estou até sem palavras, não sei descrever nem 1% do que sinto, mas possam imaginar que estou explodindo com o trabalho realizado aqui!!!
    Pocket Monsters Diamond And Pearl, AMAMOS VOCÊ S2 !!!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também sabia que devia ser o Masaak Iwane! Ele é o único animador que eu conheço pelo nome xDD e adoro demais o trabalho dele! Sempre resulta em episódios epicamente bem animados!
      DP É AMOR, DP É VIDA, DP É SENSACIONAL
      Puro feels!
      Fez bem em fazer a maratona hehe
      Um dia farei a minha
      E obrigado pelo elogio ^^

      Excluir
    2. De nada :) !
      E Sir, na verdade o Masaaki é o único que faço questão de gravar o nome de animadores de Pokémon! Porque o cara é simplesmente o Deus daquela equipe de produção na hora de animar!

      Excluir
  3. Hey... Estou demasiado cansado por isso vou ser breve:
    - Tbm pensei que estava a ver o episódio de estreia de Serena e parei para confirmar (dizem que grandes mentes pensam igual);
    - Hawlucha continua sendo uma deceção tal como eu esperava. Que o Ash se livre logo da galinha depenada...
    - Queria dizer mais uma coisa mas esqueci-me... Depois se me lembrar logo comento
    Continue sempre o excelente trabalho Sir ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que tenha conseguido descansar bem, Diogo ^^
      Opa! Olha só grandes mentes me senti importante =D
      Volta aqui quando lembrar. Abração o///

      Excluir
    2. Finalmente me lembrei! O Weepinbell de Ramos fez-me lembrar o Bellsprout da Liga Indigo que venceu o Bulbasaur e o Pikachu de Ash. Das duas uma, ou Ramos trocou um dos seus Pokémon por aquele Bellsprout que hj se tornou o seu Weepinbell, ou os roteiristas devem achar que Bellsprout/Weepinbell/Victreebel são uma linha evolutiva de pseudo-lendários

      Excluir
  4. Eu sempre gostei de quando pokemon mais esquecidos tem uma chance de brilhar, e fazer uma aparição mais marcante.
    Adorei como o weepinbell batalhou nesse episodio, essa batata é realmente foda (pra mim ele parece uma batata)!
    agora espero que no ginasio da valerie fletchinder seja "o pokemon destaque", eu acho que ele é a ave do ash que mais participou de ginasios em uma região(?).
    um pequeno detalhe, se eu não estiver enganado é que gogoat tinha 5 movimentos: grass knot, horn leech, razor leaf, leech seed e vine whip, pode ter sido um errinho no roteiro ou ele só aprendeu um ataque novo de um dia pro outro xD
    enfim, otima review como sempre!
    abraços o/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É, em termos de histórico em Ginásios, Fletchinder realmente está indo muito bem!
      Vinicius, sim, o Gogoat usou cinco golpes somando a participação nesses dois episódios, mas Pokémon aprenderem golpes de um dia para o outro é algo que o anime usa com certa frequência ^^
      Fico feliz que tenha gostado da review
      Abraços

      Excluir
  5. Sir, você se esqueceu de que Frogadier pode ter como habilidade oculta Protean (ainda não foi confirmado se ele tem Torrent) o que, se verdade, tornaria a batalha bem mais equilibrada.

    Não entendo qual o problema de vocês com a animação do Aerial Ace, sempre foi assim, porém ao invés das mãos dos Pokémon, eram umas "lâminas" que saiam do bico dos pássaros (eu cansei de ver só pássaros usando Aerial Ace, por isso super concordo em Frogadier tomar o ataque como assinatura e utilizá-lo mesmo depois de virar um foderoso Greninja).

    Além disso, não sei se você reparou mas os roteiristas estão fazendo algo extremamente paralelo entre Hoenn e Kalos! Pikachu assume a mesma posição - só muda o fato de que ele tem Electro Ball no lugar de Thunder -, Fletchinder não passa de um Swellow pegando fogo (o papel dos dois é igual, o de sempre, além de que a diferença entre eles é muito pequena - uma diferença quase insignificante é o fato de que Fletchinder possui um ataque especial e Swellow, não -, não negue isso).

    Hawlucha e Frogadier transmitem os mesmos ideais de Grovyle, além de que até suas técnicas se assemelham muito em muitos aspectos (a forma como Hawlucha desfere seus Karate Chop lembra MUITO os Leaf Blades de Grovyle, da mesma forma com os Aerial Ace do Frogadier, tinha também o Bubble que era o "Bullet Seed" do Froakie, e o Flying Press do Hawlucha seria uma mistura do Pound aperfeiçoado por Treecko no episódio "Treecko vs Seviper! O ataque especial, POUND!" com o Quick Attack - a semelhança é tanta que os conselhos de Ash para Hawlucha foram "gire seu corpo antes de atacar...", exatamente o que Treecko fez para quebrar aquela rocha debaixo da cachoeira em pedacinhos com o rabão).

    Goomy (ou devo dizer, Sliggoo, ou devo dizer, Goodra?) é um forte candidato da equipe para virar um Torkoal da vida. Amoroso, medroso, engraçadinho... Tudo haver com a tartaruga, até o estilo de batalha que é mais defensivo. Se não viu, ainda vai ver: o Dragon Breath de Sliggoo pode ser comparado ao Flamethrower de Torkoal.

    Se minhas previsões não me enganam, Ash já tem seu "Swellow", dois "Grovyle", um "Torkoal" e só falta... Corphish e Snorunt! Qual Pokémon de Kalos me lembra mais o Corphish e Snorunt? Sinceramente, acho que Bergmitte e Snorunt são farinha do mesmo saco, se tiver um Bergmitte no anime aposto tudo que ele vai ser daqueles Pokémon engraçadinho que vai cometer mico toda hora, igual o Corphish. E não me deixaria surpreso se Ash decidisse capturar um. Aliás, Ash, não deve se atrever a não capturar um Bergmitte!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mega Comentador, o Frogadier PODE ter sim, mas eu acredito que a essa altura do campeonato, se ele realmente tivesse nós já saberíamos. Até agora, o anime nunca trabalhou com as habilidades ocultas dos Pokémon e eu não estou mto confiante que o fará, especialmente com o Protean que é uma que se ativaria o tempo inteiro. Ainda mais "bagunçando" a relação dos tipos. É mais provável que os Pokémon iniciais apenas tenham suas habilidades de sempre mesmo: Incêndio, Supercrescimento e Torrente.
      Sobre as relações entre AG e XY, é verdade que existem mtas semelhanças, mas não estou tão convencido de que elas se estenderiam aos Pokémon também. Eu odiaria ver um novo Corphish xDD

      Excluir
  6. Sir, esse charithought foi muito bom, mas como eu disse da outra vez, eu pulei para um AMV da batalha, mas no final das contas assisti o episódio e não tenho arrependimento, pois...

    1- A animação era perfeita, uma das melhores animações usadas no anime para uma batalha (Apenas atrás da batalha de Korrina)
    2- Foi interessante ver que mesmo com Ramos dando uma dica mais do que óbvia para Ash, ele ainda fica com o ego alto demais e não presta muita atenção.
    3- As estratégias são perfeitas e muito interessantes, principalmente a estratégia final de Ash com frogadier.
    4- E por último, estou louco para o primeiro Tripokalon concreto da série (Ai meu arceus, que saudade dos torneios).

    ResponderExcluir
  7. Eu achei incrível a batalha totalmente focada no erro maior do ash ...só pensa em ataca e esquece de uma estratégia... Focar em somente força é um erro recorrente do ash... Sobre a animação eu tbm estranhei o golpe aéreo mas folha navalha foi o a mas me pareceu sem nexo ja q esta parecendo o folha mágica mas é um episódio incrível

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo sobre o Ash, Jean!
      Eu sinceramente tbm não entendi pq não deram logo para o Gogat uma Tempestade de Folhas se queriam fazer esse efeito, mas acho que pela lógica do anime, com muito treinamento, seria possível sim obter aquele efeito de fazer rodopiar e tal.

      Excluir
  8. Sir, depois quando puder responda no charithought 56. ^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Respondido, Henri =D
      Abraços ^^

      Excluir
    2. Muito obrigado, Sir. :D Peço desculpa por ter comentado só para o avisar, mas como já estava numa postagem antiga tinha medo que ficasse no Vale Charicífico para sempre e que não fosse respondido por esquecimento (de ambas as partes).
      Em breve (no próximo charithought :P) faço um novo comentário enorme para ficar em dia, respondendo ao seu comentário e comento sobre todas as suas novas opiniões dos episódios. ^^

      Excluir
  9. Eu não gostei muito dessa luta de Ginásio não. Não foi por causa da animação, das estratégias e nem das batalhas, foi porque deram todo o foco para o Frogadier neste episódio. Tudo bem que é legal ver um Pokémon superando seus obstáculos e desvantagens e tudo mais, mas mesmo assim temos que ter cuidado para não exagerar né? O Ramos que mostrou ser um treinador eficiente, estratégico e sábio foi superado por um sapão (que deveria ter desvantagens contra seu tipo) só na base da raça, e eu achei isso meio ridículo. Para mim esse seria o episódio perfeito para Fletchinder evoluir, o passarinho quase não tem nenhum foco ultimamente, mesmo que pareça muito rápido pra ele evoluir pro seu estágio final, acho que ele merecia pelo menos alguns trocados, comparado com Frogadier que tinha a desvantagem ter conseguido derrotar dois Pokémon seguidos, o Fletchinder meio que passou vergonha né? Mas mesmo assim, foi uma boa luta.

    Quanto ao episódio em si, gostei muito da animação, achei até que as lutas me lembrar um pouco a dos especiais da Mega Evolução. Quanto ao Ramos, ele mostrou ser um dos melhores Líderes de Ginásio dos últimos tempos, e foi o que melhor cumpriu seu papel como tal, mais que tudo, ajudando o seu desafiante a crescer e eu gostei muito disso. Como Líder de Ginásio ele realmente foi um dos melhores, mas não dá. Pra mim, como personagem o melhor Líder de Ginásio é realmente o Volkner. Tanto nos jogos quanto no anime, ele é o meu preferido.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Siiiiiiiiiim, Riigo!
      Eu não gostei da mesma coisinha que vc não gostou! Eu não achei que Ash usou estratégia alguma com o Frogadier. Ficar mandando o bicho esperar no meio de uma tempestade de Folha Navalha - isso enquanto leva dano das folhas - para atacar na hora certa não é bem uma estratégia né, sejamos francos.
      Eu superconcordo que Fletchinder merecia mais atenção! Frogadier recebe uma atenção GIGANTESCA no anime em todos os momentos fora de Ginásio e aqui ele totalmente roubou a atenção. Não precisava.

      Excluir
  10. Sir Charithoughts SPECIAL - Pokémon: Black & White #3

    - O mangá está ótimo! A cada capítulo que eu leio fico com vontade de não ter lido ainda. Porque sei que quanto mais rápido eu ler, mais tempo vou ter que esperar pelo próximo volume.

    - A capa desta edição me enganou! Como o Tula está lá, achei que ele fosse ter algum grande destaque, mas...

    - E, por falar nele, li apenas o primeiro capítulo do volume 4 e percebi que o apelido dele agora consta na ficha. Percebi também que ele anda muito mais amigável, dando até tchauzinho pro Pokémon destaque do primeiro capítulo do volume 4 (nada de spoiler aqui!). Talvez por ele estar se sentindo mais parte do grupo agora, ele tenha também aceitado o apelido. Sei lá!

    - O Burgh é uma comédia! Acho que nem quero mais ver o anime de BW para não sentir o estrago de personalidade da versão animada (que com certeza aconteceu).

    - Os nomes dos golpes são umas das únicas coisas que realmente estão me chateando, mas se é oficial, agora não dá mais para reclamar. Vou aceitar que dói menos.

    - Gente esse lance do racismo, preconceito e tudo o mais nunca acaba, não é? Eu nunca fui a favor de mudarem a Jynx. Acho que quanto mais as pessoas se irritam com as coisas, pior elas ficam. E se formos levar tudo para o lado pessoal, eu teria processado todos os envolvidos com o episódio "Na moda dos Pokémon" por terem representado um gay todo afeminado e cheio de maquiagem como Treinador de um Chansey. Porque não um cara forte e másculo? Porque não uma mulher? Porque tem que ser um homossexual estereotipado?
    Gente, tem que relaxar e levar na esportiva. Pokémon é pura diversão, não é para ser levado ao pé da letra, como os fanáticos da PETA ou qualquer outro que se sente ofendido com uma inocente animação. Quer acabar com algo ruim? Tá cheio de programa com baixaria na TV e músicas (?? acho que são barulhos) com letras ofensivas por aí. Mas é isso aí, sigamos em frente!

    - Comecei a ler esta semana a saga Emerald. Confesso que tinha um certo nojinho deste protagonista... ele é tão esquisito! Ele tem antenas! Mas, minha nossa, que história boa! Tô amando a Batalha da Fronteira (coisa que eu sempre tive preguiça de encarar). Até eu chegar em XY para opinar vai levar um tempinho... mas espero que até lá a história/personagens tenham melhorado.

    - Posso falar sobre algo nada a ver com o tópico? Eu comprei o papel de parede para 3DS do Slowpoke. Gente! Como me divirto com aquilo! É maravilindo ficar ouvindo aquela vozinha preguiçosa toda vez que navegamos pelos ícones da tela! SlowLove! S2

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho o time do Black muito bom! Adoro o Tula, o Nite e o Bravy ♥ E a Musha tbm é tão fofinha :3

      Cláudio, nunca acaba pq racismo ainda é um problema no mundo.

      Eu estou doido pra comprar esses papéis de parede novos, mas não sei qual escolher xDD mas estou louco pelo de B&W *O*
      Parece tão fofinho!

      Excluir